Município de Arcos de Valdevez no topo do investimento apoiado por fundos da União Europeia

Município de Arcos de Valdevez no topo do investimento apoiado por fundos da União Europeia

Município de Arcos de Valdevez no topo do investimento apoiado por fundos da União Europeia

Município de Arcos de Valdevez no topo do investimento apoiado por fundos da União Europeia

    A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez está em segundo lugar da lista dos 10 municípios do Alto Minho naquilo que toca a investimentos realizados com apoios vindos da União Europeia. No total, os 10 municípios realizaram investimentos no valor de 80.841.117,33 euros e receberam apoios financeiros da União Europeia no montante de 68.714.949,73 euros, sendo que Arcos de Valdevez destaca-se por ter realizado o segundo maior investimento do Alto Minho, logo a seguir a Viana do Castelo, por conta de candidaturas financiadas por verbas europeias, tendo o valor dos investimentos atingido os 7. 136.024,39 euros e os apoios do Norte 2020 6.065.620,73 euros. Da lista dos projetos cofinanciados pelo Norte 2020 em Arcos de Valdevez fazem parte, ao nível da Educação, a requalificação da Escola Básica 2,3 / S de Arcos De Valdevez, que contou com um custo Total Elegível de 3.232.875,00 euros e um apoio Financeiro da União Europeia | FEDER no valor de 2.747.943,75 euros, e a Reabilitação da Cobertura da Escola Básica de Távora, Santa Maria - Arcos de Valdevez o qual teve um custo total elegível de 54.787,84 euros e um apoio financeiro da união europeia | Feder de 46.787,84 euros, bem como o projeto SCHOOL4ALL – Arcos de Valdevez, com um custo total elegível de 438.687,00 euros e um apoio financeiro da União Europeia | FSE de 372.883,95 euros. Ao nível da Cultura, fazem parte projeto do Centro Interpretativo do Barroco -Igreja do Espírito Santo / Arcos de Valdevez, o qual conta com um custo total elegível de 978.467,62 euros e um apoio financeiro da união europeia | FEDER no valor de 831.697,48 euros;  No que toca à Reabilitação Urbana, os projetos de Reabilitação do Espaço do Centro Histórico / -1ª fase (Rua Dr. António José pimenta Ribeiro) / Arcos de Valdevez, com um custo total elegível de 129.165,51 euros e um apoio Financeiro da União Europeia | FEDER de 109.790,68 EUR; a Reabilitação Do Espaço Público Do Centro Histórico  - 2ª Fase  (Rua De S. Bento E Espaços Envolventes) / Arcos De Valdevez o qual conta com um custo total elegível de 421.299,53 euros e um apoio financeiro da União Europeia | FEDER de 358.104,60 euros; bem como o projeto das Oficinas de Criatividade Himalaya / Arcos de Valdevez, com um custo total elegível de 1.398.357,53 euros e um apoio financeiro da União Europeia | FEDER de 1.118.603,90 euros,  Por último, ao nível do Património Ambiental, a Câmara Municipal investiu no projeto do Museu da Água ao Ar Livre do Rio Vez, com um custo total elegível de 350.000,00 euros e um apoio financeiro da União Europeia | FEDER de 297.500,00 euros; 


EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Arcos de Valdevez - VER TODAS



PUBLICIDADE




FB