Orçamento Municipal de Porto de Mós reflete aposta no Turismo

Orçamento Municipal de Porto de Mós reflete aposta no Turismo

Orçamento Municipal de Porto de Mós reflete aposta no Turismo

Orçamento Municipal de Porto de Mós reflete aposta no Turismo

No passado dia 30 de Outubro foi aprovado, em Reunião de Câmara, o Orçamento Municipal de Porto de Mós para 2019, num montante global superior a 20 milhões de euros. Para o próximo ano este Executivo tem como principais apostas, a Cultura, o Turismo, o Saneamento, a Rede de abastecimento de Águas e a Indústria. Na área da cultura o investimento primordial será a Central Termoelétrica, que após várias diligências permite agora lançar novo concurso para execução da obra, com um valor afeto a 2019 de 1.850.000,00€, projeto este herdado do mandato anterior e cujo valor, o atual Executivo, se vê obrigado a reforçar o investimento previsto inicialmente para conseguir concluir a obra. Em relação ao Projeto Turístico desenhado por este Executivo, grande parte do investimento está previsto para o início do ano de 2019, com um montante superior a 1.000.000,00€ em diversas estruturas de apoio, como por exemplo, o Centro de Desportos de Ar Livre (Posto de Turismo Avançado), sinalética, Posto de Informação Turística, melhoria das condições de visitação à Fornea e a construção do Miradouro do Chão das Pias. Grande parte destes investimentos têm 85% de comparticipação de Fundos Comunitários. Como é apanágio deste Executivo, este Orçamento Municipal, no próximo ano, continuará a refletir investimentos fundamentais no Saneamento e na Rede de Águas. No primeiro serão mantidos os níveis de investimento de 2018, terminando assim a obra de Mira de Aire e iniciando nos lugares da Cumeira, Albergaria, Cruz da Légua e Boeira. Já em relação à rede de águas, o Município aumentou o investimento, num montante superior a 23%, em relação ao ano transato, garantindo assim o caminho para atingir, dentro de poucos anos, a cobertura total do concelho, iniciando a ampliação da rede a novos lugares da freguesia de São Bento, mas também continuando a substituir condutas de fibrocimento em Calvaria de Cima e Juncal. Por fim, mas não menos importante, este documento previsional de 2019 manterá os fortes investimentos nas rubricas de Industria e Energia, onde está vertido o grande projeto infraestrutural da futura Área de Localização Empresarial, com um montante superior a meio milhão de euros, permitindo desta forma, iniciar as obras de alargamento da atual Zona Industrial de Porto de Mós. Este orçamento traduz, mais uma vez, o compromisso do Executivo em alicerçar uma nova dinâmica turística e cultural no concelho, ao mesmo tempo que envidará todos os esforços para garantir o acesso aos bens mais essenciais da população portomosense, nomeadamente, ao saneamento e à rede de águas, que nos dias que correm, já não deveriam merecer este nível de investimento. Em todo o caso, esse compromisso continuará a orientar as políticas globais deste Executivo, como forma de garantir a melhor qualidade de vida aos nossos munícipes.

Ver Aviso - Publicitação do Orçamento e Grandes Opções do Plano para o Quadriénio 2019/2020



EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Porto de Mós - VER TODAS



PUBLICIDADE




FB