Autarquia cede terreno para nova Unidade de Cuidados Continuados

Autarquia cede terreno para nova Unidade de Cuidados Continuados

Autarquia cede terreno para nova Unidade de Cuidados Continuados

Autarquia cede terreno para nova Unidade de Cuidados Continuados

A Câmara Municipal do Montijo aprovou, por unanimidade, a cedência de um terreno em direito de superfície à Santa Casa da Misericórdia do Montijo para construção de uma Unidade de Cuidados Continuados para Demências e Doenças Neurodegenerativas, na reunião pública de 5 de dezembro.

“A unidade destina-se à proteção de cidadãos adultos em situação de dependência que necessitem de cuidados e de assistência, em resultado de demência ou doença neurológica degenerativa” explicou o presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta.

“A estância de média e longa duração servirá os interesses da população do Montijo e de toda a península de Setúbal e pretende constituir-se também como um motor de criação de novos postos de trabalho”, disse o presidente, sublinhando o interesse deste esquipamento: “uma proposta com grande importância para o Montijo para termos uma resposta social mais completa, mais abrangente e qualificada”.

O terreno destinado à construção do equipamento tem uma área total de 7 143 m2, com o valor patrimonial de 150 409,75€ e está localizado na Rua Gomes Eanes de Azurara.

Este equipamento reveste-se de elevada importância, uma vez que os problemas de saúde mental aliados a situações de demência, com o aumento da esperança média de vida e com o envelhecimento da população importam severas consequências para a vida das famílias.

A Santa Casa da Misericórdia prevê, ainda, a existência de condições de formação e desenvolvimento de conhecimento nesta área, estabelecendo parcerias de cooperação científica e académica, nomeadamente com universidades.

O direito de superfície, pelo prazo de 50 anos renováveis automaticamente por períodos de dez anos, pressupõe o início da construção do equipamento num prazo de cinco anos a partir da data de celebração da escritura de constituição do direito de superfície.

 



EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Montijo - VER TODAS



PUBLICIDADE




FB