Sintra adere à iniciativa “Cidades e Regiões a favor da Integração”

Sintra adere à iniciativa “Cidades e Regiões a favor da Integração”

Sintra adere à iniciativa “Cidades e Regiões a favor da Integração”

Sintra adere à iniciativa “Cidades e Regiões a favor da Integração”

O município de Sintra aderiu à iniciativa “Cidades e Regiões a favor da Integração” anunciada esta quarta-feira em Bruxelas.

A integração dos migrantes e o respeito pelos direitos fundamentais e valores da União Europeia em todos os Estados – Membros, foram os temas principais dos dois debates na reunião plenária do Comité das Regiões Europeu, esta quarta-feira e quinta-feira.

Dimitris Avramopoulos, membro da Comissão Europeia responsável pela Migração, Assuntos Internos e Cidadania, revelou a nova iniciativa “Cidades e Regiões a favor da Integração”.

O presidente da Câmara Municipal anunciou a decisão do município, durante a sua intervenção no plenário do Comité da Regiões, de adesão à iniciativa.

O autarca defendeu que, “esta iniciativa é de extrema importância, porque a exclusão é um terreno fértil para o radicalismo”. Basílio Horta lembrou que o radicalismo deve ser combatido “através de um modelo de crescimento inclusivo”.

O autarca recordou, durante a sua intervenção no plenário, a importância do “Plano Municipal de Acolhimento e Integração de Migrantes, elaborado pela Câmara Municipal de Sintra, em conjunto com o governo e associações da sociedade civil”. “Esta estratégia visa garantir aos migrantes a plenitude da cidadania no respeito pela diversidade”, sublinhou Basílio Horta.

O presidente da Câmara Municipal de Sintra defendeu ainda que “a migração deve ser encarada como uma riqueza para o concelho, pelo aumento da mão-de-obra, efeito positivo na demografia e no diálogo intercultural e religioso que propicia”. Basílio Horta considerou que esta iniciativa “se integra no modelo de uma Europa democrática, solidária e inclusiva”.



EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Sintra - VER TODAS



PUBLICIDADE




FB